Saúde integrativa

Atualizado: 11 de jun. de 2018

Oi, meu nome é Ana Morita e sou coach de saúde integrativa. Mas afinal, o que é saúde integrativa? É um olhar diferenciado para a saúde. Eu ajudo as pessoas a se sentirem melhor, no corpo e na pele delas olhando-as como um ser único, ou seja, olhando a bioindividualidade de cada pessoa.


Ana, se marido João e sua filha Iara, segurando os produtos orgânicos que produzem

Bioindividualidade significa que a alimentação que serve para a fulana da capa da revista, não serve para mim. E nem que a dieta que me serve no verão, vai me servir no inverno. E que o que eu comia quando era criança, não me serve hoje. Somos seres humanos únicos, em constante transformação e a cada dia somos expostos a diferentes estímulos e influências. Por exemplo: hoje eu acordei passando supermal de dor de barriga e dor de estômago. Há 5 meses vinha comendo um mix de cereais pela manhã, mas hoje isso ia ser muito trabalhoso para meus órgãos doloridos… então tomei um suco de maçã, cenoura e sementes de girassóis germinados. Foi ótimo!

Ter um olhar integrativo sobre a saúde significa observar tudo o que influi para a melhoria do bem-estar de um indivíduo que é único. Como assim? Significa que você não será uma versão mais saudável de você mesmo se comer salada todos os dias, mas não estiver bem com as pessoas que ama. Ou mesmo se você passa a maior parte do seu dia fazendo coisas de que não gosta ou se você nunca tem contato com a natureza e fica o dia inteiro sentado.

Hein?! A saúde integrativa olha não apenas a sua nutrição secundária (o que você ingere pela boca), mas olha com especial atenção para a sua nutrição primária. A sua nutrição primária vem do seu trabalho (faça o que você ama ou aprenda a amar o que você faz), da sua espiritualidade (que é única: pode ser pescar, ir à igreja ou tomar sol de olhos fechados), dos seus relacionamentos (sim, nos sentirmos amados é importante!) e da sua atividade física (o design do corpo humano foi feito para o movimento).

E falando em alimentação, muito chato essas pessoas que ficam falando pra você o que você deve comer ou deixar de comer, né? Pensar em saúde integrativa significa escutar o que o meu corpo está me contando com as minhas vontades. É acolher as suas vontades, “-Estou com vontade de comer doce!” sem se reprimir e entender que todo excesso vem de uma falta. E essa pesquisa é de cada um. Eu mesma passei 37 anos da minha vida viciada em doces, até que eu entendi, com a ajuda de uma coach de saúde integrativa, qual era a minha necessidade por trás da vontade por doces.

Com ajuda de um olhar profissional, pude perceber que queria comer doces todas as vezes em que me sentia muito cansada e ainda tinha trabalho por fazer… Hoje, quando sinto vontade de comer doces eu me pergunto: Preciso descansar? Às vezes sim, outras… eu como um doce, porque afinal somos seres humanos, né?!

empazcomseucorpo@gmail.com

186 visualizações1 comentário